Planejamento Financeiro para Concurseiros

Tempo de leitura: 6 minutos

Com a correria do dia a dia e o tempo curto para conseguir estudar, muitos concurseiros acabam esquecendo de um ponto fundamental na sua preparação para concursos públicos: O planejamento financeiro! Todos sabemos que estudar para concursos públicos não é algo barato, ainda mais dependendo do tempo que você vai levar até conseguir a aprovação. Muitas pessoas levam anos estudando e os gastos nesse tempo de preparação são muito grandes e perigosos, caso você não tenha feito um planejamento antes.

Materiais de estudo como vídeo-aulas, livros, apostilas, cadernos, canetas, marcadores de texto e muito mais trazem muitos gastos para o concurseiro. Por mais que existam os “rateios”, ainda assim não é nada barato estudar para concursos públicos. Se você não programar o quanto vai gastar estudando, as chances são que chegará um momento em que ficará sem dinheiro para seguir em frente.

Neste artigo vamos lhe dar os principais pontos que devem ser observados por você na hora de fazer um planejamento financeiro para concurseiro!

planejamento financeiro para concurseiros

Trabalhando e Estudando

O concurseiro que consegue conciliar os estudos com o trabalho tem uma melhor condição financeira para estudar. Nesse caso você precisa tomar apenas o cuidado para não gastar todo o seu salário em material de estudo e cursinhos. O ideal é que você compre um curso e siga apenas com ele, pois de nada adianta fazer vários cursos ao mesmo tempo, você precisa se acostumar com um professor em cada disciplina.

Recomendo que você veja o cronograma de estudos para quem trabalha.

Apenas Estudando

Aqui nos temos um caso bastante delicado! Se você largou o trabalho para estudar, tenha em mente que precisará ser MUITO regrado para não correr o risco de ficar sem dinheiro. Existem dois tipos de concurseiros que apenas estudam: Aqueles que juntaram dinheiro, durante anos, para conseguir fazer isso e aqueles que contam com o apoio de familiares como pais, marido, mulher, etc. Independentemente de qual desses tipos você seja, é fundamental que você tente economizar o máximo possível no período em que estiver se preparando para o seu concurso.

Não gaste dinheiro a toa com roupas, calçados, passeios em shopping, etc. O ideal é que você tome a mesma medida que o atual governo tomou: Corte de gastos!

Guia Prático para Passar em Concursos em até 1 ano

Como Guardar dinheiro para estudar?

Aqueles que conseguem guardar dinheiro para apenas estudar para concursos não são seres de outro mundo. Tudo é questão de PLANEJAMENTO. Vou dar agora um exemplo de planejamento para você que pretende largar seu emprego para se dedicar somente aos concursos públicos.

Não importa quanto você ganha por mês em seu emprego, para conseguir juntar uma boa quantidade de dinheiro para conseguir ficar somente em casa estudando você terá que guardar, no mínimo, 30% de tudo o que você ganhar de salário no mês. Isso quer dizer que você vai viver sua vida com 70% do salário e vai guardar 30% para estudar.

Um erro muito comum é deixar o dinheiro que sobrar para estudar, mas a verdade é que NUNCA vai sobrar dinheiro. Então, separe antes os 30% e vá viver sua vida com os outros 70%. Entre 1 e 3 anos você já terá a quantia suficiente para se manter um tempo estudando sem trabalhar.

Curto Prazo

O primeiro planejamento que você pode fazer é o de curto prazo. Nele, você conseguirá se manter estudando por, no máximo, 6 meses. Esse tipo de planejamento é ideal para quem busca concursos menores como prefeituras, câmaras municipais, Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal. Será necessário levar pelo menos 10 mil reais para ficar 6 meses em casa estudando.

Médio Prazo

Esse tipo de planejamento é para concursos médios como INSS, Polícia Federal e Banco Central. A duração do planejamento a médio prazo é de 1 a 2 anos. Aqui você vai precisar ser mais rigoroso e cortar mais gastos pois precisará do dobro do tempo do planejamento de curto prazo. Você precisará de, no mínimo, 25 mil reais para estudar por 1 a 2 anos.

planejamento financeiro para concurseiros

Longo Prazo

Com esse tipo de planejamento você conseguirá ficar estudando de 2 a 5 anos. Para isso será necessário você abrir mão de alguns bens como carro, moto e até mesmo imóveis. Com 50 mil reais no banco você conseguirá se manter estudando por até 5 anos, caso consiga ser econômico e gastar somente naquilo que é necessário. Ideal para o concurso da Receita Federal, Auditor Fiscal do Trabalho e concursos para Delegado e Juiz.

Tenha Paciência

Eu entendo que agora você pode estar trabalhando em um lugar que não gosta, com um chefe que odeia e ainda ganhando pouco. No entanto, você precisa ter paciência para não colocar os pés pelas mãos. Vivemos uma época de crise em que arrumar emprego está 10x mais difícil do que em anos anteriores, sendo assim, por pior que seja o seu emprego, você precisa ter paciência antes de largá-lo.

Material de Estudos

Vídeo-Aulas

O grande erro do concurseiro ao tentar se organizar financeiramente para estudar é procurar pelos cursinhos mais baratos. Quando você faz isso está correndo um grande risco de achar materiais baratos mas de péssima qualidade. Você deve fazer uma pesquisa detalhada para achar um material que tenha o melhor custo-benefício. Pela pesquisa que eu fiz, os cursos do Estratégia Concursos apresentaram os melhores valores quando comparados com uma excelente qualidade.

Apostilas

Apostila é uma maneira barata de estudar para concursos públicos. Se você não estiver em condição de adquirir um curso completo, as apostilas Opção podem ajudar você pois o valor é bem abaixo de outras do mercado. Você ainda pode optar pela apostila impressa ou a digital que é mais barata.

Uma outra forma de você economizar uma grana é usar as apostilas gratuitas da Casa do Concurseiro.

Não recomendo Livros

Sinceramente, eu não recomendo que você estude por livros. O primeiro motivo para isso é porque eles são bem mais caros que as apostilas. O segundo motivo é porque você vai encontrar diversas opiniões diferentes entre os autores. E o terceiro motivo é que os livros não mostram o que as bancas organizadoras estão cobrando em provas.

Conheça >>> Máquina de Aprovação do QualConcurso

Conclusão

A base do seu planejamento financeiro para estudar deve ser a seguinte: Corte de gastos desnecessários. Após você conseguir a aprovação e ir receber a sua remuneração de 5, 10 ou 15 mil reais você poderá gastar muito e ter a certeza de que terá dinheiro no final do mês para pagar. O momento agora é estudar, de lutar pelo seu cargo e no futuro desfrutar a vida com uma maior qualidade!

Se você quer mais dicas sobre concursos públicos, clique abaixo e se inscreva em nosso canal do youtube! Lá você encontra vídeos com resolução de questões e muito mais!

>>>Quero me Inscrever no Canal Dicas Sobre Concursos<<<

 

Planejamento Financeiro para Concurseiros
Avalie esse artigo!

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *