Concurso TST 2017: Edital deve sair no Primeiro Semestre!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O concurso TST 2017 é uma excelente oportunidade de concurso federal previsto para sair em breve! O diretor de gestão de pessoas do órgão superior máximo trabalhista informou que os preparativos para o próximo concurso já começaram. O próximo passo deve ser a escolha da banca organizadora, o que acelera a realização do certame para o primeiro semestre de 2017.

O último concurso do Tribunal Superior do Trabalho foi realizado em 2012, naquela oportunidade foram providas vagas para os cargos de técnico judiciário e analista judiciário. A validade do concurso para todos os cargos irá vencer em novembro de 2017, enquanto que para o cargo de técnico administrativo já venceu em janeiro de 2017.

Neste artigo vamos dar todas as informações sobre o concurso do TST 2017, veja detalhes do último edital, número de vagas, remuneração e atribuições dos cargos!

Veja também:

concurso TST 2017

Detalhes do concurso de 2012

Quando nos preparamos para algum concurso público, sempre temos como base o edital lançado no certame anterior. Para isso, vamos ver agora alguns detalhes do concurso TST 2012.

Vagas

Em 2012 tivemos 39 vagas publicadas no edital. Sendo 34 vagas para técnico judiciário e 5 vagas para analista. Esse número é meramente exemplificativo pois durante a validade do concurso foi nomeado um número muito maior de aprovados do que as vagas inicialmente previstas. É por esse motivo que os tribunais costumam fazer a formação de cadastro de reserva.

Banca Organizadora

A banca do concurso TST 2017 deve ser novamente a FCC (Fundação Carlos Chagas), assim como ocorreu em 2012. Essa é uma banca tradicional em concursos de tribunais.

Essa banca costuma cobrar em suas provas muito a parte de direito processual do trabalho, principalmente as súmulas do TST. Recomendo fortemente que você foque o seu estudo em dar uma boa lida nas súmulas que foram cobradas em provas anteriores de TRT.

Remuneração

concurso tst

Após ser aprovado no concurso TST 2017, você fará jus a uma excelente remuneração de servidor público federal. A remuneração inicial para o cargo de técnico judiciário ficará em torno de R$7.000,00, já para analista pode chegar a R$12.000,00.

Lembrando que o cargo de técnico judiciário administrativo exige apenas o nível médio completo. Para concorrer aos cargos de analista é necessário ensino superior em Direito ou em outras áreas de atuação previstas no edital.

>>> Pacotes de cursos TST 2017 <<<

Atribuições Analista e técnico do TST

  1. Analista Judiciário área judiciária: Prestar assistência em questões que envolvam matéria de natureza jurídica emitindo informações e pareceres; proceder aos estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina para fundamentar análise de processo e tomada de decisão; suporte técnico e administrativo aos magistrados e/ou órgãos julgadores; redação, digitação e conferência de expedientes diversos; executar outras tarefas da mesma natureza e grau de complexidade.
  2. Técnico Judiciário área administrativa: prestar suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais, magistrados e órgãos judicantes; executar trabalhos de redação e digitação de natureza variada, revisando-os antes de sua entrega definitiva; entre outras.

Detalhes da prova

A prova do concurso TST 2017 deve ter o mesmo tempo de realização da prova realizada em 2012. Os candidatos tinham 4 horas e 30 minutos para realizar a prova, sendo que na parte da manhã foram aplicadas as provas de técnico e, na parte da tarde, as provas de analista.

Analista Judiciário

  • 20 questões de conhecimentos gerais (peso 1)
  • 40 questões de conhecimentos específicos (peso 3)

Técnico Judiciário

  • 30 questões conhecimentos gerais (peso 1)
  • 30 questões conhecimentos específicos (peso 3)

Disciplinas cobradas no cargo de técnico judiciário:

  • Português
  • Regimento Interno
  • RLM
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito do Trabalho
  • Direito Processual do Trabalho
  • Administração
  • Orçamento Público
  • Gestão de pessoas

Para o cargo de analista judiciário tivemos a inclusão das disciplinas de Direito Civil, Direito Processual Civil e Direito Previdenciário. RLM não foi cobrado para analista.

Quantidade de nomeados

Apesar de poucas vagas previstas no edital, o concurso do TST nomeou muitos candidatos aprovados. Foram 413 nomeações de técnicos judiciários e 110 nomeações para analista judiciário da área judiciária. Ainda tivemos outros cargos com dezenas de nomeações, como o analista administrativo (33) e o técnico em programação (63).

Como passar no Concurso TST 2017

Para ser aprovado no concurso TST 2017 você precisa fazer uma preparação com antecedência, de preferência antes da publicação do novo edital. Em 2012, o tempo entre o edital e a aplicação da prova foi menos de 3 meses. O tempo ideal de estudos para conseguir uma boa colocação nesse concurso é de 5 ou 6 meses.

Melhor curso para o TST

Se você busca se preparar de forma profissional com real chances de aprovação, é hora de começar a pensar em investir em um bom curso para concurso. Eu sempre recomendo os cursos do Estratégia Concursos, clique aqui para ver um artigo que fiz sobre eles!

O Estratégia possui um dos maiores índices de aprovação entre os cursos preparatórios, sendo considerado o “campeão em aprovações”. Você terá acesso a um conteúdo atualizado de acordo com o edital e ainda poderá tirar suas dúvidas através do fórum.

O Estratégia ainda dá a garantia de satisfação de 30 dias e se você não ficar 100% satisfeito com o curso, poderá pedir o seu dinheiro de volta. O seu risco é ZERO!

Clicando no link abaixo você confere os pacotes completos para o concurso TST 2017, lembre-se que quanto mais cedo começar os seus estudos, maiores serão as chances de aprovação!

>>> Pacotes de cursos TST 2017 <<<

 

Concurso TST 2017: Edital deve sair no Primeiro Semestre!
Avalie esse artigo!

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *