Concurso TRT PE 2018: Veja previsão, edital e banca organizadora!

Tempo de leitura: 5 minutos

AFRFB

Veja a Previsão de Edital do Concurso TRT PE 2018!

 

É com enorme expectativa que as pessoas aguardam a abertura do concurso público para o Tribunal Regional do Trabalho do estado de Pernambuco (Concurso TRT PE 6ª Região 2018), que compreende a 6ª Região. Veja abaixo tudo sobre o concurso TRT PE 2018:

O extrato do contrato entre o órgão e a organizadora do concurso, Fundação Carlos Chagas (FCC) foi divulgado no dia 16 de janeiro de 2018, no Diário Oficial.

A confirmação da empresa organizadora do concurso se deu através de dispensa de licitação publicado no dia 02 de janeiro de 2018. O concurso foi autorizado durante a sessão do órgão, realizada no dia 22 de agosto de 2017, para os cargos de técnico e analista judiciário, com requisito de nível médio e superior. A expectativa da publicação do edital é para o mês de fevereiro.

Concurso TRT PE 2018

Neste texto, serão fornecidas informações sobre o concurso do TRT PE, como:

  • Previsão de vagas;
  • Remuneração;
  • Atividades a serem executadas;
  • Banca organizadora do concurso;
  • Conteúdo da prova;
  • Material para estudo.

Se você tem o objetivo de ser aprovado nesse concurso, leia este texto até o final.

 

Concurso do TRT PE: Vagas

O concurso poderá contemplar além das 44 vagas previstas, pois contará com cadastro de reservas. Além disso, há uma quantidade de cargos criados pela Comissão do Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados com 128 vagas.

O concurso fará a contratação imediata de 44 pessoas. Entretanto, o cadastro de reserva poderá classificar, durante o tempo de validade do concurso, mais 1.170 classificados.

 

Concurso TRT PE Previsão

Ainda a espera do lançamento do edital, as pessoas que querem concorrer às vagas previstas devem manter os seus estudos em dia, para que quando o edital for lançado, já terem a noção do que poderá cair na prova e de quando irá fazê-la.

O mais importante, agora, é aproveitar que o edital não foi lançado e se preparar, pois a prova tende a ser uma das mais difíceis e concorridas. Com previsão para o edital ser lançado em fevereiro, a data da prova pode estar marcada para o mês de abril ou maio.

 

Remuneração

Qual a remuneração do concurso TRT PE 2018?

Para aqueles que sonham com a estabilidade oferecida pelo cargo, mas também estão de olho nos benefícios, os valores das remunerações para os cargos são:

Analista Judiciário – Salário de R$ 4.911,60, acrescido de R$ 5.550,21 de Gratificação Judiciária (GAJ), resultando no montante de R$ 10.461,90.

Técnico Judiciário – Salário de R$ 2.993,62, acrescido de R$ 3.382,79 de Gratificação Judiciária (GAJ), resultando no montante de R$ 6.376,41.

Leia também:

 

 

 

Requisitos

Para concorrer aos cargos de Analista, é preciso que a pessoa possua o Ensino Superior, em Direito ou em Medicina, ou em Tecnologia da Informação. Essas disciplinas são para os cargos direcionados a elas. Existem cargos de analista que pedem apenas o Ensino Superior, em qualquer área de formação, desde que o curso seja reconhecido pelo MEC.

Já para os cargos de Técnicos Judiciários, é exigido o diploma de Ensino Médio ou de um Curso Técnico equivalente. Também há cargos que exigem a Carteira Nacional de Habilitação, nas categorias D e E.

 

Banca Organizadora

A Banca Organizadora do concurso já foi escolhida e trata-se da Fundação Carlos Chagas, que é bastante exigente quanto às suas provas e é preciso que o candidato esteja preparado para a prova, pois ela é de extrema dificuldade.

 

O que cai na prova?

Disciplinas do concurso TRT PE 2018:

Para o cargo de Analista:

  1. Conhecimentos Gerais;
  2. Conhecimentos Específicos;
  3. Discursiva – Redação;
  4. Prática de AutoCad.

Para o cargo de Técnico Judiciário:

  1. Conhecimentos Gerais;
  2. Conhecimentos Específicos;
  3. Discursiva – Redação;
  4. Prática de Aptidão Física.

 

Atribuições do cargo

São atribuições ao cargo de Analista Judiciário:

  1. Analisar petições e processos, confeccionar minutas de votos, emitir informações e pareceres;
  2. Proceder a estudos e pesquisas na Legislação, na Jurisprudência e na Doutrina pertinente para fundamentar a análise do processo e emissão do parecer;
  3. Fornecer suporte técnico e administrativo aos magistrados, órgãos julgadores e unidades do Tribunal;
  4. Inserir, atualizar e consultar informações em base de dados;
  5. Verificar prazos processuais;
  6. Atender ao público interno e externo;
  7. Redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

São atribuições ao cargo de Técnico Judiciário:

  1. Prestar apoio técnico e administrativo pertinentes às atribuições das unidades organizacionais;
  2. Executar tarefas de apoio à atividade judiciária;
  3. Arquivar documentos;
  4. Efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos;
  5. Atender ao público interno e externo;
  6. Classificar e autuar os processos;
  7. Realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas;
  8. Redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Qual melhor curso para o concurso TRT PE 2018?

Todo concurso que paga grandes salários e tem grande dificuldade necessita de uma preparação especial. Para isso, é preciso estar no melhor curso preparatório, que seja online para você conseguir estudar onde e quando quiser.

Entre os melhores cursos do momento, damos destaque para o Estratégia Concursos e o Gran Cursos Online.

Aqui no Blog você encontra a avaliação completa deles através dos links abaixo:

Avaliação Estratégia Concursos

Avaliação Gran Cursos Online

Concurso TRT PE 2018: Veja previsão, edital e banca organizadora!
Avalie esse artigo!

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *